Está vendendo para o Brasil? Acesse o site Brasileiro.

Geomarketing: o que é, benefícios e 5 ferramentas para aplicar

Geomarketing

Geomarketing é uma prática de origem antiga na publicidade que está ganhando cada vez mais atenção agora na era digital. O uso constante de aplicativos e celulares permitem mapear os lugares visitados por cada usuário. Estes dados auxiliam na criação de campanhas de marketing mais assertivas e rentáveis.

Este artigo vai dissecar a informação sobre geomarketing e mostrar na prática como ele é aplicado na maioria das empresas hoje.

Geomarketing: o que é e como funciona?

Geomarketing é conhecido também como Marketing Geográfico. Este termo se refere ao estudo do padrão de comportamento de um público-alvo que reside ou trafega em uma determinada localização.

Por exemplo, vamos imaginar uma loja de Ferrari, Lamborghini e outros carros de luxo. Onde elas estão localizadas? Será que o mais correto seria instalar em uma cidade de pequena de 50.000 habitantes? Ou o melhor aproveitamento é abrir uma loja dessas em uma grande metrópole, como São Paulo e Rio de Janeiro? Além disso, qual bairro é mais provável de encontrar um mercado consumidor deste tipo de produto?

Você provavelmente sabe as respostas destas perguntas, pois elas são muito óbvias. No mundo offline, várias empresas utilizam a estratégia de geomarketing para posicionar produtos e serviços em uma localização privilegiada. O objetivo é escolher um local específico para aumentar as chances de encontrar bons clientes do que em outras áreas da cidade.

Agora, no mundo online, o geomarketing também é aplicado e explorado por grandes e pequenas empresas.

CLIQUE E FAÇA PARTE DO MELHOR GRUPO DE E-COMMERCE DO BRASIL

3 vantagens de usar geomarketing

Vou apresentar 3 vantagens obtidas pelas empresas ao utilizar o geomarketing.

Definir melhor a persona ideal para seu produto

geomarketing na definição de persona

Ao conhecer os locais que seu cliente visita com regularidade, fica mais nítido entender os moldes e padrão de consumo da sua persona. Se você não sabe, persona significa traçar o perfil completo do seu cliente ideal. Gênero, idade, poder econômico, hobbies e interesses pessoais, cidade/bairro de residência, emprego, etc. Definir estas características é fundamental para que a sua comunicação na publicidade seja mais eficaz possível.

Segmentar campanhas publicitárias para locais específicos

geomarketing na segmentação de campanhas

Seja um negócio físico ou online, você provavelmente tem interesse em anunciar para pessoas que moram ou circulam próximas à região que sua loja está localizada. Mesmo os e-commerce que possuem potencial de vender Brasil afora se interessam pelo geomarketing, pois assim podem oferecer condições de frete mais barato e prazos de entrega mais rápidos se os clientes não moram muito distante do local de envio.

Segmentar uma campanha no Facebook ou Google Ads é muito simples. Você pode escolher cidades ou estados específicos. Nas metrópoles, é possível filtrar os anúncios para serem exibidos apenas em certos bairros (interessante em relação à classe social).

Reduzir os custos de marketing

geomarketing ajuda na redução de custos

Este terceiro benefício é uma consequência proveniente das duas vantagens que acabei de citar. Ao conhecer a localização geográfica do seu público, e a partir destes dados ajustar a comunicação para estas pessoas, você gastará menos para fazer o marketing da sua empresa. O custo por lead (CPL) reduzirá e o lucro aumentará. 

Como aplicar o geomarketing na sua empresa?

Beleza, agora que você tem consciência das vantagens relacionadas à aplicação do geomarketing no seu negócio, veja como preparar-se corretamente para utilizá-lo a seu favor.

Conheça muito bem o seu produto e o público-alvo

Parece brincadeira, mas alguns empreendedores não sabem definir exatamente estes dois pontos essenciais ao sucesso de um negócio. Saber bem o que você vende e para quem vende é fundamental para ser assertivo com o geomarketing.

Não se engane ao pensar que este estudo está relacionado apenas ao preço do produto. Por exemplo, há pessoas de classe mais baixa que compram itens de classe alta. A pergunta a ser respondida é: “Por que eles compram? Qual é o grande benefício do produto? O que faz com que estas pessoas não ligam em gastar grande parte do seu dinheiro em adquiri-lo?”

Para o geomarketing ser efetivo e funcionar bem, é preciso delinear estes aspectos. Se o diferencial de preço fosse único e simples de solucionar, bastaria segmentar os anúncios patrocinados para os 10 bairros mais ricos de São Paulo e as vendas iriam explodir porque as pessoas destes locais têm muito poder aquisitivo e poderiam sem dor nenhuma pagar por qualquer produto que custasse menos de R$ 1 mil.

Contudo, eu e você sabemos que não funciona assim no mundo real.

Troque informações privilegiadas por benefícios promocionais

Embora a maioria das pessoas deixam ativado as conexões e dados de localização em tempo real do seu aparelho móvel, o geomarketing somente acontece com a autorização prévia do usuário. A Lei Geral de Proteção de Dados permite apenas o compartilhamento se houver uma permissão antecipada.

Portanto, incentive seus clientes a fazerem isso através de uma moeda de troca. Dê a eles algo para você ter acesso a uma informação valiosa. Não seja mesquinho e queira exigir a permissão se você não tem a capacidade de mostrar pelo menos uma justificativa para motivar tal atitude.

Aplique apenas 1 ou 2 ferramentas de geomarketing no seu negócio

O geomarketing é um diferencial mais poderoso em lojas físicas do que virtuais. Mesmo assim, ambas as categorias podem ser beneficiadas. Entretanto, algumas das ferramentas são mais eficazes para certos nichos de mercado do que outros. Deste modo, não se preocupe em pensar que precisa executar todas as estratégias. Foque naquela que tem potencial de gerar mais resultados.

5 ferramentas de geomarketing para utilizar

Agora vou mostrar 5 técnicas de aplicação do geomarketing. Veja que você já deve ter sido alvo de pelo menos alguns destes métodos, senão todos. 

Geotargeting

Esta é a função mais básica. Ela envolve aquilo já mencionado anteriormente: a segmentação de localização nas plataformas de anúncios. Digamos que o geotargeting é o filtro inicial das ações de geomarketing. Você vai mostrar os anúncios para uma região específica da cidade/estado/país.

Geofencing

Você já deve ter recebido uma notificação Google no seu celular com a pergunta: “O que você achou do Restaurante X?” Sim, logo após você deixar o local, esta informação aparece e você tem a oportunidade de avaliar a sua experiência como cliente.

Fence em inglês significa cerca. Assim, quando você estiver passando próximo a uma loja ou restaurante, o dono do negócio pode utilizar o geofencing para notificar você com uma mensagem do tipo: “Que tal fazer uma pausa para o almoço?” ou “Temos uma oferta especial de camisetas da Y”. Esta notificação é semelhante ao que o Google faz ao pedir avaliações.

Outra estratégia de geofencing ocorre na pesquisa do Google. Ao procurar por “pizzaria”, você vai receber sugestões de sites ou páginas do Facebook de locais da sua cidade/bairro, pois o algoritmo sabe que a comercialização desse item é feita somente por vias offline. Agora, se você pesquisar por “iPhone 12”, não somente lojas físicas da sua cidade, mas e-commerce, pequenos e grandes, também aparecerão a você, visto que a compra pode ser feita virtualmente.

Permissão concedida em sites

Esta estratégia é utilizada ao acessar websites. Uma pop-up aparece na tela pedindo autorização para você compartilhar informações de localização. O usuário não é obrigado a concordar com isso. Mas tentar não custa nada também, não concorda?

Check-in

Quem nunca chegou em um lugar onde a senha para acessar o Wi-fi era registrar o check-in no Facebook? Essa é mais uma estratégia de geomarketing, além de ser uma publicidade gratuita, visto que isso aparece no Feed do Facebook.

Geotagging

Outra estratégia que contempla tanto o geomarketing quanto o marketing orgânico gratuito é a marcação de localização, popularmente mais usada nos Stories do Instagram. Os lugares que eu mais lembro de cabeça que utilizam esta estratégia são os restaurantes, onde fotos de comida são postadas e em lojas de vestuário, principalmente roupas femininas.

CRIE SUA LOJA ONLINE GRATUITAMENTE COM A CARTX

Como a CartX pode ajudar no geomarketing da sua empresa?

A CartX pode auxiliar na aplicação de 2 das estratégias de geomarketing apresentadas acima. Outras 2 maneiras são úteis também para quem tem um e-commerce, porém são feitas fora da CartX.

Checkout personalizado através do geotargeting

A primeira maneira é você personalizar o checkout transparente da CartX com condições especiais de envio. Assim, ao fazer o geotargeting nos anúncios do Facebook, você pode oferecer diferentes preços para pessoas do seu estado ou cidade.

Pop-up de permissão

A CartX oferece planos de hospedagem em lojas virtuais. Dentro de todos eles, é possível configurar uma mensagem de pop-up pedindo autorização para o visitante compartilhar as informações de localização do acesso.

Geofencing com o Google Meu Negócio

Mesmo sendo uma loja exclusivamente online, você pode utilizar técnicas de geofencing para mostras às pessoas da sua cidade que a sua marca existe e está próxima delas. O Google Meu Negócio ajuda nesta tarefa, principalmente ao apresentar resultados de pesquisa.

Sorteios no Instagram para geotagging

Uma das formas mais utilizadas para aumentar o número de seguidores e a visibilidade de um perfil é os sorteios no Instagram. Para participar, as pessoas devem marcar nomes dos amigos nos comentários, seguir certos perfis e compartilhar determinada publicação nos Stories. Isso nada mais é do que o geotargeting, principalmente neste último cenário.

Forçando isso, você pode oferecer um produto de desconto ou até mesmo grátis, para começar a conquistar novos clientes que visitam a sua loja virtual.

Concluindo o assunto de geomarketing

Pois bem, chegamos ao final do assunto e acredito que você, a partir de agora, estará mais atento ao perceber que está sendo alvo de estratégias de geomarketing. Tudo isso ocorre dentro da legalidade e o usuário é que determinada se quer ou não aceitar estas condições.

Esta informação foi útil para muitas pessoas. Se você quer saber mais sobre assuntos relacionados ao e-commerce e marketing digital, aproveite para ler os conteúdos do nosso blog. Um que eu gosto bastante é o Teste ab: o que é, passo a passo e como analisar resultados?

Valeu e sucesso!

Lucas Machado.

Quer aprender e-commerce?

Inscreva-se no boletim informativo da CartX para receber mais conteúdo premium.

Comentários

Leave a Comment

Outras notícias

O carrinho abandonado no e-commerce é reflexo de muitos problemas que podem estar associados à loja online. Por isso, ao detectar uma taxa de